Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 40 em Sab Jul 29 2017, 02:39
Últimos assuntos
» Material - PDF Economia de Mercado, Conceitos Fundamentais de Economia e vídeo
Qua Jun 05 2013, 17:25 por Ludimila Lima Campos

» Material para NP2
Seg Jun 03 2013, 13:06 por Davi Domiciano

» Lista de exercícios para NP2 - Revisão!
Ter Maio 28 2013, 17:47 por Adson Honori

» Revisão NP2 - Respostas - Adson
Ter Maio 28 2013, 16:54 por Adson Honori

» Material para a avaliação NP2
Seg Maio 27 2013, 13:40 por Davi Domiciano

» Material sobre David Hume
Sab Maio 25 2013, 13:28 por ANA FLAVIA

» Dramatização : Psicologia : Alienação Parental
Qua Maio 22 2013, 22:57 por Adson Honori

» Resumo: Marx
Qua Maio 15 2013, 14:41 por Adson Honori

» Resumo: Kant
Seg Maio 13 2013, 15:31 por Adson Honori

Janeiro 2019
SegTerQuaQuiSexSabDom
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031   

Calendário Calendário


Debates sobre o entendimento da leitura dos sofistas e Sócrates 28/02 e 05/03

Ir em baixo

Debates sobre o entendimento da leitura dos sofistas e Sócrates 28/02 e 05/03

Mensagem por Adson Honori em Qua Fev 27 2013, 20:54

Sobre a leitura do texto proposto na aula de Filosofia, seguem minhas conclusões sobre o assunto Os Sofistas:

Os sofistas foram grandes intelectuais dos séculos IV e V a.C, tais quais: Demócrito, Protágoras, Górgias e Hipíos. Mestres do discurso que lecionavam de maneira itinerante e mediante uma compensação financeira elevada. Seus discursos procuravam conquistar os ouvintes não pela verdade, mas pela técnica aprimorada da oratória.
Foram duramente criticados por Sócrates (filósofo movido pela paixão), que não concordava com as cobranças nem com o discurso desprovido de qualquer atitude crítica que inspirasse a reflexão nos ouvintes.
Apesar das críticas socráticas, exerceram importante papel à época, pois perpetuaram as técnicas da oratória como poucos na história humana.
Uma máxima sofistas importante diz que: a verdade surge com o consenso entre os homens e não pela reflexão, ou seja, o discurso sofista doutrina e trás a verdade.
Ao passo que Sócrates acreditava na filosofia dos questionamentos, na reflexão para se encontrar as verdadeiras respostas.

Um abraço, Adson Honori!


Última edição por Adson Honori em Ter Mar 05 2013, 21:08, editado 2 vez(es)
avatar
Adson Honori
Admin

Mensagens : 82
Data de inscrição : 27/02/2013
Idade : 41
Localização : Palmas TO

Ver perfil do usuário http://www.anjoazulto.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mudança sutil na minha percepção dos sofistas ...

Mensagem por Adson Honori em Qui Fev 28 2013, 11:58

Interessante como o discurso sob outra ótica pode mudar nossa percepção sobre algo. Confesso que olhava para os sofistas com um pouco de antipatia. Sempre reconheci seu valor histórico, mas não me agradava a questão da compensação financeira e o discurso pouco inspirador de reflexão nos ouvintes.
Mas nesta aula de hoje, 28-02-13, ao saber a origem exata destes intelectuais (escravos que conseguiam comprar sua liberdade intelectual) e o porquê de necessitarem do dinheiro (financiar esta libertação), mudei radicalmente meus conceitos, afinal, ser filósofo grego e exercer o "ócil" era prerrogativa dos ricos, já os sofistas precisavam se autofinanciar.

Um abraço Adson Honori!
avatar
Adson Honori
Admin

Mensagens : 82
Data de inscrição : 27/02/2013
Idade : 41
Localização : Palmas TO

Ver perfil do usuário http://www.anjoazulto.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Debates sobre o entendimento da leitura dos sofistas e Sócrates 28/02 e 05/03

Mensagem por Ivy Muniz em Seg Mar 04 2013, 18:42

Os sofistas foram escravos que conseguiram comprar sua liberdade e a partir de então se tornaram professores itinerantes (como relata o livro " O mundo de Sofia") ? Me bateu essa dúvida...

Ivy Muniz

Mensagens : 11
Data de inscrição : 04/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Exatamente isso!

Mensagem por Adson Honori em Ter Mar 05 2013, 09:56

Ivy Muniz escreveu:Os sofistas foram escravos que conseguiram comprar sua liberdade e a partir de então se tornaram professores itinerantes (como relata o livro " O mundo de Sofia") ? Me bateu essa dúvida...

Exatamente Ivy, foram grandes intelectuais escravizados pela política expansionista armada da Grécia, estes homens inteligentes para comprarem sua liberdade, cobravam pelos ensinamentos aos gregos, desta forma levantavam o dinheiro necessário para financiar a saída da condição de escravos. Esta postura foi bastante combatida por Sócrates, pois o mesmo acreditava que não se podia vender o conhecimento (uma questão ética para o nobre filósofo). Esta intervenção sofística na cultura grega foi alvo de grandes críticas por Sócrates e seus discípulos.

_________________
Att. Adson Honori
avatar
Adson Honori
Admin

Mensagens : 82
Data de inscrição : 27/02/2013
Idade : 41
Localização : Palmas TO

Ver perfil do usuário http://www.anjoazulto.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mais alguns detalhes captados na aula do dia 05/03

Mensagem por Adson Honori em Ter Mar 05 2013, 14:53

Algumas considerações sobre a aula de filosofia de hoje 05/03:

1 - Sócrates e os Sofistas concordavam sobre o questionamento dos mitos e a necessidade de se explicar as coisas através da RAZÃO;

2 - A simples existência dos sofistas fez com que Sócrates, cada vez mais combativo a estes ideias sofistas, refletisse cada vez mais sobre tudo para ter argumentos contra seus inimigos intelectuais, desta forma, podemos dizer que estes embates fizeram com que Sócrates crescesse como intelectual, consequentemente, podemos concluir que o embate no mundo das ideias nos faz evoluir como indivíduos;

3 - Sócrates vai além ... utiliza a RAZÃO, mas com foco no HOMEM. Questiona-se: como posso conhecer o HOMEM? E descobre o caminho através de um olhar para si mesmo, ou seja, conheça a ti mesmo para compreender seus semelhantes, passa a estudar e refletir sobre o COMPORTAMENTO HUMANO. Assim, nascem conceitos como a ética (conjunto de regras ou comportamentos aceitáveis ou inaceitáveis). Sócrates chega a conclusão de que um ser humano VIRTUOSO é um ser que vive regido pela ÉTICA, pelo saber do que é certo e do que é errado;

4 - Sócrates, então, no auge de sua sabedoria e "ingenuidade" postula: que a sociedade VERDADEIRAMENTE FELIZ só seria possível com a existência de HOMENS JUSTOS e que a JUSTIÇA só era possível se os homens conhecessem o que é certo e o que é errado. Historicamente, sabemos que esta máxima não se realizou, pois a maioria dos indivíduos conhecem os limites do CERTO e ERRADO, mas mesmo assim transgridem as regras (faltando com o princípio da ÉTICA);

5 - Sócrates não era apenas um filósofo com um discurso filosófico, ele era a encarnação da filosofia, ou seja, vivia intensamente dentro daquilo que pregava e acreditava. Morreu também por isso, podia ter se salvado usando do "relativismo da justiça" (valendo-se de algum discurso bem elaborado), tanto criticado pelo próprio Sócrates, mas preferiu seguir as Leis da cidade, àquelas que tanto defendia. Seu corpo morreu, mas seu legado, sua dignidade e sua fidelidade filosófica eternizaram-se. Não o fez para obter prestígio, tampouco entrar para história, tanto que nunca escreveu sobre si próprio. Parafraseando o professor Marcelo, realmente, Sócrates foi o Jesus Cristo da Filosofia!

6 - Esta postura de Sócrates diante de sua iminente morte, abdicando da defesa que contrariasse a Lei da cidade, cria o primado da ética do coletivo sobre a ética do indivíduo, ou seja, nenhum interesse particular pode sobrepor um bem maior coletivo, que neste caso era a Lei que regia aquela sociedade. Ainda hoje, vimos este primado muito presente nos nossos princípios jurídicos;

Isto posto, vimos que toda esta gama de conceitos filosóficos, seja a dos sofistas, passando por Sócrates e seguindo por seus discípulos, têm sempre uma relação muito estreita. Podem divergir em alguns pontos, muitas vezes por observarem sobre prismas diferentes. O que quero dizer é que um filósofo sábio é aquele que reflete sobre um pensamento ou ideologia, conserta o que está ruim e acrescenta suas próprias particularidades.

Um exemplo disso é que no nosso universo jurídico atual temos vários legados em ação:
Sofistas com o "relativismo da justiça";
Sócrates, dentre outras coisas com sua percepção da ÉTICA;
Platão, que veremos ter buscado um entendimento do por quê o HOMEM, mesmo conhecedor do que é certo e errado, transgredir os limites (corpo x alma);
Aristóteles, o último grande filósofo grego, que equilibra tudo isto de uma forma genial, e postula ser a vida real o verdadeiro lugar para se pagar ou não pelos atos humanos. Nasce aí o ideal de causa e consequência tão presente nas Lei atuais!

_________________
Att. Adson Honori
avatar
Adson Honori
Admin

Mensagens : 82
Data de inscrição : 27/02/2013
Idade : 41
Localização : Palmas TO

Ver perfil do usuário http://www.anjoazulto.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Debates sobre o entendimento da leitura dos sofistas e Sócrates 28/02 e 05/03

Mensagem por Davi Domiciano em Ter Mar 05 2013, 15:28

Ivy Muniz escreveu:Os sofistas foram escravos que conseguiram comprar sua liberdade e a partir de então se tornaram professores itinerantes (como relata o livro " O mundo de Sofia") ? Me bateu essa dúvida...

Ivy, assim o dia o livro O Mundo de Sofia:

Vindo das colônias gregas, um grupo de professores itinerantes e de filósofos afluiu então a Atenas. Chamavam-se sofistas. A palavra "sofista" designa uma pessoa sábia ou erudita. Em Atenas, os sofistas ganhavam o seu sustento ensinando os cidadãos.
Os sofistas tinham uma notável semelhança com os filósofos da natureza, pois também eles eram críticos relativamente aos mitos tradicionais. Mas, simultaneamente, os sofistas recusavam tudo o que lhes parecia ser especulação filosófica desnecessária. Achavam que mesmo que houvesse resposta para muitas questões filosóficas, os homens nunca poderiam encontrar explicações verdadeiramente seguras para os enigmas da natureza e do universo. Em filosofia, este ponto de vista é designado por “ceticismo”.
avatar
Davi Domiciano

Mensagens : 24
Data de inscrição : 27/02/2013
Idade : 42
Localização : Palmas-TO

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Debates sobre o entendimento da leitura dos sofistas e Sócrates 28/02 e 05/03

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum