Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 40 em Sab Jul 29 2017, 02:39
Últimos assuntos
» Material - PDF Economia de Mercado, Conceitos Fundamentais de Economia e vídeo
Qua Jun 05 2013, 17:25 por Ludimila Lima Campos

» Material para NP2
Seg Jun 03 2013, 13:06 por Davi Domiciano

» Lista de exercícios para NP2 - Revisão!
Ter Maio 28 2013, 17:47 por Adson Honori

» Revisão NP2 - Respostas - Adson
Ter Maio 28 2013, 16:54 por Adson Honori

» Material para a avaliação NP2
Seg Maio 27 2013, 13:40 por Davi Domiciano

» Material sobre David Hume
Sab Maio 25 2013, 13:28 por ANA FLAVIA

» Dramatização : Psicologia : Alienação Parental
Qua Maio 22 2013, 22:57 por Adson Honori

» Resumo: Marx
Qua Maio 15 2013, 14:41 por Adson Honori

» Resumo: Kant
Seg Maio 13 2013, 15:31 por Adson Honori

Janeiro 2019
SegTerQuaQuiSexSabDom
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031   

Calendário Calendário


Platão: Idealismo, Virtude e Transcendência Ética - discussão para próxima aula 07/03

Ir em baixo

Platão: Idealismo, Virtude e Transcendência Ética - discussão para próxima aula 07/03

Mensagem por Adson Honori em Ter Mar 05 2013, 22:01

Seguindo as orientações do Marcelo, faremos a análise do texto encima do título.
Procurei antecipar esta discussão para termos um conhecimento prévio mais enxuto sobre o assunto.

Platão
Discípulo de Sócrates, desenvolve com perspicácia os mesmos pensamentos socráticos: virtude é conhecimento e que a ignorância leva ao vício ou erro. A influência pitagórica (interessavam-se pelo estudo das propriedades dos números) e órfica (pertencente ou relativo a Orfeu, poeta e músico grego mítico) dão um caráter peculiar a Platão.
Idealismo:
Diferentemente de Aristóteles, o filósofo Platão crê no idealismo e não no realismo. Tudo por que no núcleo de sua teoria estão as IDEIAS, ou seja, no campo das especulações humanas e não das realizações humanas.
Virtude:
A alma humana se subdivide em partes, com funções específicas, sincronizadas e direcionadas, tudo para uma coordenação das atividades do homem. Visa a supremacia da alma racional sobre o corpo ávido por questões mundanas e menos importantes. O oposto disso é o que Platão denomina como vício, onde as partes se sobrepõem à alma racional instituindo assim o caos. A virtude é a vitória da alma racional contra um corpo exigente e em constante procura de prazeres menos importantes.
Transcendência Ética:
Platão enxerga uma dualidade de mundos, em que o conhecimento é obtido por meio da transcendência da alma ao mundo ideal (absoluto, lógico), ele admite que quando esta retorna ao plano terreno (mundo sensível), traz o saber ao indivíduo. A ética, na concepção platônica (a exemplo do mito de Er), é transcendente, pois é extraída do plano superior (ideal, racional) para o plano inferior (sensível, vida real).

_________________
Att. Adson Honori
avatar
Adson Honori
Admin

Mensagens : 82
Data de inscrição : 27/02/2013
Idade : 41
Localização : Palmas TO

Ver perfil do usuário http://www.anjoazulto.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum